sábado, 3 de novembro de 2018


WallPapers – Uma Coleção de Papeis de Parede

Desde o lançamento do sistema operacional Windows XP (eXPerience) que usar papel de parede no Windows se tornou obrigação para a grande maioria dos usuários de computadores. E continuam a usar até hoje nas versões mais recentes do Windows.

E a quantidade de imagens para ser utilizadas como papel de parede no Windows é enorme, principalmente na Internet. Contudo, escolher as imagens – principalmente na Internet – para usar como papeis de parede torna-se trabalhoso, devido existir milhões de imagens e uma mais bonita que a outra.



Para facilitar esse trabalho criamos uma seleção de imagens – essa seleção será atualizada conforme a disponibilidade de mais imagens – para ser usada como papel de parede no Windows 7, 8, 8.1 e 10. Contudo, veja nos passos abaixo como adicioná-las no seu Windows.


Veja a matéria completa (em PDF) acessando este link abaixo:


                                                         Por...: Jkbyte




terça-feira, 31 de julho de 2018


Prefetch – Parâmetros para Pré-recuperação


Pré-buscas e recuperação de arquivos

Na época em que as primeiras versões do Windows foram lançadas os computadores estavam mal servidos de hardwares (imagem abaixo) para os processamentos de dados pela CPU (Central Processing Unit) e para o armazenamento de dados no modo temporário na memória RAM – incluindo o HD, este uma memória de massa para o armazenamento de dados no modo permanente.

Embora a RAM e o HD sejam dois tipos de memória, são distintos entre si, ou seja, dados gravados na RAM são apagados quando se reseta, reinicia ou desliga o computador. Já a memória no HD mantém todos os dados gravados permanentemente, desde que o HD não seja danificado, contudo, atualmente os dados podem ser recuperados por empresas especializados no seguimento “recuperação de dados”.



Recursos Memória Virtual e Prefetch

Entre os vários recursos disponibilizados pelo Windows para melhorar o desempenho do mesmo – além do mais popular entre os usuários do Windows, a Memória virtual –, está o Prefetch (Pré-buscas no HD), cuja pasta do Prefetch encontra-se em C:\Windows.

Veja abaixo os principais tópicos sobre esta matéria:

> Recursos Memória Virtual e Prefetch
Entre os vários recursos disponibilizados pelo Windows para melhorar o desempenho do mesmo – além do mais popular entre os usuários do Windows,

> Espaço no HD e na memória ocupado
Muitos usuários e técnicos de computadores dizem que o recurso Prefetch pode mais atrapalhar do que ajudar, devido usar endereço na memória RAM somente para...

*Veja a matéria completa clicando aqui.





                                                                                       Por: Jkbyte


sábado, 17 de março de 2018


Roteador Inativo – Como reaproveita-lo na rede Wi-Fi

Roteador fraco + sinal fraco

Se o seu roteador de duas, de três ou mais antenas (imagens abaixo) deu problema – parou de funcionar – não jogue ele fora, pois você pode reaproveitá-lo como um reforçador de sinal Wi-Fi (Wireless Fidelity) ou algo como: Transmissões de sinais sem fios com mais fidelidade – mais qualidade para o som transmitido.

Especialmente quando o sinal está chegando fraco num determinado ponto. Mais informações sobre as tecnologias correlatas aos Wi-Fi nestes endereços (http://bit.ly/2d2rrrq) e (http://bit.ly/1KpAsQF).





Como é sabido, o sinal Wi-Fi perde potência dentro e fora de imóveis contando com muitas paredes – vários obstáculos internos e externos –, principalmente, quando o imóvel é de dois ou mais andares e o roteador é um modelo fraco – como os modelos de 150 kbs (kilo bits por segundo – 1 kilo bit é igual a mil bits).

Veja a matéria completa (em PDF) acessando este link abaixo:





                                                                             Por: Jkbyte


terça-feira, 5 de dezembro de 2017


Dispositivos SSD e HDs de Notebooks – Boot pela porta USB

Mais rapidez no boot e nas transferências de dados

Os LivesBootCD/DVDs e os LivesBootPen drives

 




Trabalhando como técnico em hardware e fazendo manutenções em computadores (em máquinas desktops, notebooks e netbooks) já há mais de 20 anos, seria muito trabalhoso – atualmente – fazer os backups de dados de clientes, principalmente de clientes de microempresas, caso não existissem os LivesCD/DVDs e LivesPen drives.


Essas ferramentas – LivesCD/DVDs e LivesPendrives – são de grande ajuda para nós técnicos, pois rodam versões Lites (versões enxutas) do Windows XP, W7, W8.1 e até do Linux diretamente pelo CD/DVD e também pelo Pen drive. Aqui – no modo Live (ativado na memória RAM) – os arquivos do sistema são gravados (e ativados) diretamente na memória RAM e não no HD, como ocorre quando instalamos o Windows (ou o Linux) num HD.






Nesses casos – se não existissem os softwares LivesCD/DVDs, LivesPen drives e as portas USB –, teríamos que abrir o computador origem, retirar o HD, ligá-lo em outro computador para, em seguida, salvar os respectivos dados exigidos pelos nossos clientes.



*Veja abaixo os principais tópicos desta matéria...:

> Mais exigências por Hardware, Windows e potência elétrica

> Mais rapidez no boot e nas transferências de dados

> Configurando o dispositivo SSD para SSDBoot

> Alimentação elétrica para o SSDBoot

> HD de 1 Terabyte como Liveboot, com Windows e Backup



Veja a matéria completa (em PDF) acessando este link abaixo:




Atenção:

Para mais informações sobre os termos utilizados nesta matéria ou outros de A à Z, favor consultar esse endereço abaixo:





     Por: Jkbyte


quinta-feira, 7 de setembro de 2017



Como instalar fontes de alimentação corretamente

Fios pretos da fonte não são negativos e nem terra

Instalar fontes de alimentação exige-se técnica


 
Para usuários, técnicos e professores mechânicos no assunto hardware, instalar fontes nos computadores é simplesmente fixar as fontes com os respectivos parafusos na traseira dos computadores, conectar os cabos para alimentar a placa-mãe (20/24 linhas elétricas), para alimentar o processador (4/8 linhas elétricas) e alimentar os periféricos como HD, drive CD/DVD e/ou placas gráficas, etc.

Contudo, instalar fontes de alimentação exige técnica e os mechânicos em hardware não sabem o que é isto, pois não são técnicos. Mais informações sobre isto aqui neste link: http://shst.us/iy9bs





Seria muito desperdício de dinheiro investir de R$ 200,00 à R$ 300,00 em fontes boas para serem instaladas em computadores fracos – kits completos contendo o Computador, Monitor, Teclado, Mouse e Caixas de som, com preços na faixa de R$ 800,00 à R$ 1100,00.

Outro detalhe que todos devem observar – poucos se preocupam com isto – é com relação à eficiência da fonte durante o período de 1, 3, 5 anos (ou mais) de uso da mesma, Aqui, no quesito “referência” não estamos referindo a eficiência das certificações do 80 PLUS.

*Veja abaixo os principais tópicos desta matéria...:

> Eficiência de trabalho da fonte baixa

> Fios pretos da fonte não são Negativos ou Terra

> Alimentação elétrica e proteção para a Fonte

> Fonte, placa-mãe e periféricos danificados

> Instalar a fonte no computador corretamente

> Palavras finais para “Associações de Fontes”


Veja a matéria completa (em PDF) acessando este link abaixo:






                                                                                         Por: Jkbyte

sexta-feira, 9 de junho de 2017


Instalar placas aceleradoras gráficas – Você sabe como? 

Placas Aceleradoras Gráficas – da Nvidia e da AMD 

Os requisitos elétricos e de hardware na instalação!


Quando o assunto é PAG (Placa Aceleradora Gráfica) ou PEG (PCI-Express Graphic), o mesmo aguça o desejo de técnicos e professores de todos os seguimentos da informática – e muito mais ainda de usuários de máquinas games –, em ter o modelo mais recente e potente para rodar seus jogos de ontem, de hoje e de amanhã. E principalmente, para assistir filmes também.
Lembrar que as PAGs não são as PVs (Placas de Vídeo), já que as PVs não possuem GPU (Graphic Processing Unit ou Unidade para o processamento de dados gráficos – processador gráfico), e que eram conectadas num dos slots PCI comum. Mais informações sobre CPU, GPU, PCI, AGP-Express, PCI-Express e outras termos correlatos ao hardware neste endereço (http://shst.us/hDijg) – e na imagem abaixo.




No que diz respeito aos fabricantes de PAGs atualmente – isto a nível mundial – são apenas duas empresas, a NVidia e a AMD (Advanced Micro Device). Já no que diz respeito aos modelos de PAGs lançadas – também a nível mundial – são modelos da NVidia e da ATI/AMD e que são inúmeros, partindo-se da entrada da NVidia (em 1993) neste seguimento com o seu primeiro modelo de PV. A fundação da Nvidia deu-se no ano de 1993, portanto, já há 24 anos (http://shst.us/0xKt8).

*Veja abaixo, os principais tópicos desta matéria...:

> Versões do bus (barramento) e do slot PCI-Express

> Como Instalar/Conectar a PAG corretamente

> Passo-a-passo para instalar a PAG corretamente

> Instalar drivers corretamente para a Placa Gráfica

> Desinstalar drivers corretamente da Placa Gráfica

> Programas para baixar, instalar e atualizar drivers

> Turbinar a PAG/GPU pelo Registro do Windows

> Palavras finais de “Como instalar PAGs”

*Veja a matéria completa (em PDF) acessando este link abaixo:




                                                                              Por: Jkbyte


sexta-feira, 10 de março de 2017

Placa-mãe, Memória e HD energizados – PERIGO!

Aprenda como ZERAR a placa-mãe das cargas elétricas

Placas-mãe só ligam depois de zeradas – e funcionam melhor!

O funcionamento de dispositivos de hardware, principalmente dos módulos de memórias (com a memória principal na placa-mãe) e placa gráfica (com a memória principal na placa aceleradora gráfica), são totalmente independentes entre si.
Porém, devemos observar certos detalhes quando se deseja conectar um novo módulo de memória e, ou então, conectar uma PEG/PAG (PCI-Express Graphic/Placa Aceleradora Gráfica) na placa-mãe.




Veja mais informações sobre todos os tipos de memória no DTTI (Dicionário de Termos Técnicos de Informática) aqui: http://shst.us/MG2sD

Veja abaixo os principais tópicos sobre esta matéria:

> Computador e códigos binários travados

> Não se ZERA ou se limpa (Cleaner) o BIOS

> Capacitores – depósitos de energia nos computadores

> Zerar a placa-mãe das sinalizações elétricas em curto

> Placa de rede WiFi (Wireless Fidelity) em curto

> Processador com temperatura alta

> Caso real do não funcionamento do mouse e teclado

> Placas-mãe novas (na caixa) e as usadas

> Circuito PWM (Pulse Width Modulation)

Palavras finais sobre “Como ZERAR a placa-mãe”

*Veja a matéria completa (em PDF) acessando este link abaixo:



Por: Jkbyte